PLANO DE TRABALHO – 1 DIA

A Emei hoje estava toda enfeitada para a festa Arraiá da Celisa que acontecerá amanhã. A cada dia um novo detalhe: uma bandeirinha aqui, um balão ali, enfim…As crianças são tão astutas, que o menor detalhe diferente acrescentado é notado e comentado. Como ficamos desde o dia 22 de maio com um plano de trabalho que desse conta da elaboração da história de Saci, brincadeira para ensaiar o teatro e preparação do cenário, hoje propus três ateliês para enfeitarmos com a música CAI CAI BALÃO.

Imagem
A letra eu escrevi à lápis… quiseram participar deste trabalho crianças de 3 a 5 anos… os maiores motivam os menores. Elas contornam as letras com canetas hidrográfica coloridas, conforme preferem.
O desenho da Rua do Sabão ficou com a Stephanye Karoline nossa desenhista de plantão. Sempre se oferece ou aceita desafios ilustrativos.

Outro canteiro de trabalho foi a confecção dos balões. Dei sugestões para fazerem desenhos, usarem formas geométricas e colagens. Mostrei os blocos lógicos para que identificassem possíveis balões. Este material ficou na mesa que desenrolou o ateliê de desenho.

Imagem
Com a Mariana (5 anos) neste ateliê pedi que ela ajudasse a quem solicitasse. Imediatamente Nicolas Gustavo diz: _ Eu preciso de ajuda Laís. (3 anos). Rafaela (3 anos) também disse que precisava.
Gabriel passou tanta cola que a folha grudou na mesa…rs..quem disse que não aprendizado sem sujeira, ou que não se faz uma omelete sem quebrar os ovos? Taí!
…muitos balões foram surgindo e com triângulos cortados em papéis coloridos, surgiram borboletas. Sim, porque unindo pela base do triângulo temos balões, mas a Stephanye Karoline me mostrou como se faz uma borboleta, unindo-os pelo biquinho…
Depois do lanche ainda estavam envolvidos….Mariana recortou os balões junto com outras amigas.
A Rua do Sabão ficou por conta de Stephanye Karoline… _ Eu sei fazer rua! Disse ela.

E assim no dia de hoje produzimos um cartaz com a música em que todos trabalharam, conforme os seus desejos. Nada foi imposto. O plano de trabalho foi exposto na Roda de Conversa. Cada qual escolheu um dos ateliês. Em equipe o cartaz ficou pronto e lindo. Assim dizia Freinet: “(…) Coloquem essa criança num meio vivo, se possível comunitário, com possibilidade de se entregar às atividades que fazem parte da sua natureza. (…) Se o aluno não tem sede de conhecimentos, nem qualquer apetite pelo trabalho que você lhe apresenta, também será trabalho perdido “enfiar-lhe” nos ouvidos as demonstrações mais eloqüentes. Seria como falar com um surdo”. (FREINET, 2004, p. 19).

BIBLIOGRAFIA

2 thoughts on “PLANO DE TRABALHO – 1 DIA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s