DESENHO INFANTIL – SUA EVOLUÇÃO

Sobre o desenho infantil

 Rodrigo Rocha é uma criança que está sob os meus cuidados de educadora ha 3 anos, ou seja, desde 2010 quando nossa Turma chamava-se PINTINHOS. Em 2011 ele foi da Turma da JOANINHA e atualmente é da Turma da ÁGUA. 

Portanto, busquei trabalhos dele nos Livros da Vida dos diferentes anos para mostrar aqui a evolução do mesmo, que acaba sendo parecida nas demais crianças que também fizeram parte das diferentes turmas.

Para Freinet (1977) o desenho assim como a palavra vai sendo aperfeiçoado e adaptado pelos princípios da experiência por tentativas (p. 55).

Imagem
Desenho de Rodrigo aos 3 anos (início de 2010).

As experiências anteriores garantem meios novos para triunfar. Os desenhos ganham traços mais firmes (p. 41).

Imagem
Desenho de Rodrigo 6 meses depois.

A admiração do adulto aos triunfos alcançados pela criança, a cada desenho, fará com que tente novamente. (p. 42)

Imagem
Desenho de Rodrigo início de 2011.

O ambiente influencia o desenho infantil. a importância dada aos pequenos rabiscos garantirá os êxitos futuros e o desejo em aperfeicoá-los (p.47).

Imagem
Desenho de Rodrigo com 4 anos, julho de 2011.

A partir do momento que a criança dominar um número razoável de grafismos, poderá expressar sua história do jeito que imaginou (p. 84).

Imagem
Desenho de Rodrigo outubro de 2011.

Os tateios infantis se constroem em patamares sendo que em cada patamar consolida sua experiência (p.47).

Imagem
Desenho de Rodrigo início de 2012.

Ver o adulto desenhar, ter atenção às suas primeiras produções, aumentará sua tendência em utilizar o desenho como forma de expressão (p.42).

Imagem
Desenho de Rodrigo, abril de 2012 com 5 anos.

Quando a criança toma conhecimento sobre o desenho que já faz e a escrita que vê o adulto fazer, passa a desenhar suas linhas, assim como percebe a escrita.  (p. 48). É o que Freinet chama de bifurcação. Entendo que a criança chega a um patamar de entendimento e habilidade em que sua mãozinha obedece, em forma de movimento, o que o seu pensamento quer.

Imagem
Tateios do Rodrigo: ensaios e erros.
Desenho pronto da Stephanye Karoline.

Este é o Rodrigo em um dos inúmeros dias no ateliê do desenho.

Rodrigo desenhando, porque é isso que o move.

Freinet (1977, p.68) compara a evolução do desenho à evolução da linguagem, contando com as experiências por tentativas. Ressalta que não existe uma norma para este desenvolvimento e nem uma idade. Há, no entanto, elementos determinantes como a capacidade em superar as dificuldades, possibilidades técnicas do autor e atitudes do meio.

Imagem
Desenho de Rodrigo, aos 5 anos, em agosto de 2012.

É preciso então: “(…) tolerar, aceitar e apoiar o desenho – a expressão; dispor dos instrumentos necessários” (p.70). 

 

BIBLIOGRAFIA

FREINET, Celestin. A aprendizagem do desenho. Método Natual II. Editora Estampa, Lisboa, 1977.

 Captura de Tela 2014-04-02 às 23.56.52

6 thoughts on “DESENHO INFANTIL – SUA EVOLUÇÃO

  1. Laís, como sempre, arrasou! Mais uma vez, traz seu maravilhoso trabalho, muito bem fundamentado em nosso “amigo” Freinet… Ontem mesmo conversava com outra professora sobre a importância da valorização das produções das crianças, desde a origem da garatuja, para o desenvolvimento do desenho. Gostaria de levar seu artigo para a minha escola… Posso? Beijão, Lili

  2. Laís, super parabéns!!! Ameiiii, vou mandar o link pra td mundo, tá? Recebi seu artigo pelo grupo REPEF (da prof. Leila Arruda), mas tb sou da PMC e amiga da Lili (só pra me identificar…rs!) bjo Ana Flávia

  3. Pelamor…!!! Que registro mais lindo! Como nos ensina coisas bacanas! Obrigada!! Lili perguntou se pode levar seu texto para escola….Delicada, essa minha amiga… Eu já encaminhei o link!! Tem que circular! Obrigada, mais uma vez! Abraços!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s